246ª Assembleia Ordinária da Amalpa em Conselheiro Lafaiete

No dia 06/03, foi realizado no município de Conselheiro Lafaiete à 246ª Assembleia Ordinária da AMALPA – Associação dos Municípios da Microrregião do Alto Paraopeba. Compuseram a mesa de honra, o Presidente da AMALPA e Prefeito de São Brás do Suaçuí Elias Ribeiro, o Prefeito anfitrião Mário Marcus acompanhado de seu vice Marco Antônio, o Deputado Estadual Glaycon Franco, o Secretário do Estado de Saúde Carlos Eduardo Amaral, a Superintendente Regional de Saúde Hérica Santos, a Secretária Executiva do CISRU Ormesinda Barbosa, o Tenente Coronel do 31º Batalhão da Polícia Militar de MG Jardel Eduardo e o Diretor da Interativa Paulo César.

O Secretário Executivo Claudionei Nunes deu início à reunião com a execução do Hino Nacional.

O Presidente da AMALPA e Prefeito de São Brás do Suaçuí Elias Ribeiro fez os cumprimentos iniciais, agradecendo a presença de todos e frisou a importância da associação por trazer temas importantes para a região, voltados nessa Assembleia para a saúde e desenvolvimento.

O Prefeito de Conselheiro Lafaiete Mário Marcus fez os cumprimentos, agradecendo a presença: “É uma satisfação enorme mais uma vez estar sediando a reunião da AMALPA, com um número considerável de prefeitos, nos mostrando sempre unidos e fortes, buscando soluções para toda a região”.

O Deputado Estadual Glaycon Franco, como em todas as reuniões ao decorrer de seu mandato, esteve presente e salientou a força que os pleitos dos municípios assumem quando são defendidos de forma consorciada, como acontece na AMALPA, focando na importância da união dos prefeitos da região. Além de citar os temas explanados na pauta, o Deputado ainda comunicou aos prefeitos sobre a situação precária que se encontram as estradas e rodovias e que terá uma reunião com o DER e a Superintendência de Infraestrutura para sugerir a criação de contratos de manutenção.

O Secretário do Estado de Saúde Carlos Eduardo Amaral iniciou sua fala tratando sobre o último ano que passou, afirmando que foi focado em reorganizar a secretária, honrando compromissos passados que não estavam sendo executados de maneira correta, principalmente no quesito de urgência e emergência. Tratou também sobre a falta de medicamentos nas farmácias “Esse desabastecimento estava muito severo, sendo que tínhamos somente 74% de abastecimento. E fechamos o ano, com cerca de 90%, o que é um ponto muito positivo.” Logo após, abordou sobre o grande questionamento da nossa região, que é a situação do Hospital Regional: “Ele tá parado a muitos anos e esse hospital possui algumas considerações a serem feitas: é um hospital que precisa ser feito, a região possui demanda e necessidade, então precisamos terminá-lo. Nós tivemos no ano passado todo o processo de um chamamento, com todos os nossos parceiros de iniciativa privada, de estudo, de tentar analisar com consórcios de saúde, alguma viabilidade que pudéssemos levar o funcionamento deste hospital adiante e infelizmente não conseguimos parceiros como gostaríamos devido a grande crise financeira que o Estado vem enfrentando.” O Secretário então sugeriu, que a provável solução seria trazer o funcionamento através dentro de algum dos programas vinculados à saúde, de inciativa privada. Outra alternativa sugerida pelo Secretário seria através dos programas de compensação a serem pagas pela Vale, devido aos acidentes ambientais ocorridos em Mariana (2015) e Brumadinho (2019), que serão destinadas diretamente a saúde: “Pode ser que consigamos inserir os hospitais nessas compensações. Isso seria muito importante e o hospital regional de Lafaiete poderia ser contemplado. Como nada está definido por enquanto, não queremos fazer promessas, mas acreditamos que não seja uma resolução que demande longo prazo para ser anunciada”.

O Tenente Coronel do 31º BPM Jardel Eduardo fez uma breve apresentação de sua trajetória até assumir e traçou seus objetivos, tais como, a redução significativa da criminalidade violenta, citando como exemplo 7 municípios da região que a mais de 15 anos não obtiveram registro de homicídios consumados. É necessário colocar em prática estratégias para essa ação, visto que a região é muito tranquila se comparada ao restante do estado, garantindo passar a sensação de segurança para os cidadãos.

A Secretária Executiva do CISRU Ormesinda Barbosa que é a responsável pelo SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência prestando serviços para 51 municípios da região, atendendo uma média de 700 ligações diárias. Apresentou os registros do balanço do ano de 2019, onde prestaram 26.672 atendimentos que salvaram vidas. Além disso, abordou os maiores desafios enfrentados pela falta de recursos, como falta de leitos de UTI e cirúrgicos, superlotação nas salas vermelhas, entre outros. Após sua explanação, as autoridades presentes realizaram um breve debate a fim de buscar soluções para esses desafios.

A Superintendente Regional de Saúde Hérica Santos é responsável pela macro região centro sul, abrangendo 31 municípios. Se colocou à disposição para auxiliar no que for necessário, a fim de fortalecer a região. Além disso, abordou sobre o escritório regional em Conselheiro Lafaiete visando oferecer mais serviços, se organizando melhor para facilitar o acesso à população.

O Diretor da Interativa Paulo César apresentou a empresa Interativa – Consultoria em Gestão Pública que busca iniciativas inovadoras e sustentáveis na gestão pública, realizando consultorias para profissionalizar e planejar a gestão do município através da organização do executivo, conhecendo o desenvolvimento e resultado de cada secretaria, objetivando o cumprimento do plano de governo e qual o impacto na satisfação da população com a gestão municipal.

Estiveram presentes os prefeitos de Casa Grande Luiz Otávio, de Caranaíba Marcos Bellavinha, de Congonhas José de Freitas representado por seu vice Arnaldo Ozório, de Conselheiro Lafaiete Mário Marcus, de Entre Rios de Minas José Walter, de Moeda Leonardo Moura, de Ouro Branco Hélio Campos, de Queluzito Célio Pereira e de São Brás do Suaçuí Elias Ribeiro.

Ao término da reunião da AMALPA uma comitiva acompanhou o Secretário Carlos Eduardo Amaral numa visita ao prédio inacabado do Hospital Regional de Conselheiro Lafaiete. O secretário encerrou a visita deixando expectativa  otimista entre os gestores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.