Prefeitos da região se reúnem com Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico

No dia 21/05, o Presidente da AMALPA e Prefeito de Queluzito Célio Pereira de Souza esteve na Cidade Administrativa juntamente com o Deputado Glaycon Franco e os prefeitos Mário Marcus de Conselheiro Lafaiete, José de Freitas de Congonhas, Hélio Campos de Ouro Branco onde se reuniram com o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Manoel Vitor de Mendonça Filho e o secretário adjunto Adriano Magalhães Chaves, a fim de tratar assuntos de interesse regional.

Os principais temas abordados foram:

A Usina Termoelétrica localizada no município de Queluzito, onde o Secretário afirmou ser um projeto estratégico do Governo do Estado já em execução, onde a CEMIG já investiu 2 milhões de reais. Na próxima quinta-feira, 23/05, o Prefeito Célio Pereira de Souza terá uma reunião com o Diretor de Geração e Transmissão da CEMIG para tratar do terreno da Usina, onde a previsão para início das obras é em 2020. O projeto irá contribuir com o desenvolvimento econômico da região com geração de emprego e renda, beneficiando também as grandes e pequenas empresas regionais.

A realização de um Fórum Permanente de Desenvolvimento Econômico das Vertentes, com sede em Lafaiete, visando fomentar ações conjuntas para o desenvolvimento econômico regional.

O prefeito Mário Marcus entregou ao Secretário de Desenvolvimento do Estado o último estudo do parcelamento de área do novo distrito industrial, que está sendo elaborado pela área técnica da CODEMGE em parceria com o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (CODEC).

Foi tratada ainda a questão dos investimentos da GERDAU na região para os próximos três anos, da ordem de R$ 4.000.000.000,00, criando-se uma agenda para reuniões com a indústria e outros órgãos envolvidos, buscando tratar de possíveis oportunidades nesta expansão.

Além disso, foram discutidas as tratativas para aproveitamento dos gases provenientes do aterro sanitário localizado em Conselheiro Lafaiete, para a geração de energia elétrica para utilização regional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.